top of page

Quer saber de onde vem os acessos do seu site? Comece por aqui


Antes de ter contato com o sistema de UTMs, saber a origem dos acessos do site parece muito complexo e difícil de configurar, mas é muito mais simples e lógico do que aparenta. As UTM’s são um sistema que o Google adotou, inspirado na navegação marítima, e é uma combinação de textos e símbolos que quando adicionados na sua URL podem ser usados para parametrização de informações.


Utilizando a estrutura da UTM em todos os links que você ou sua equipe divulgarem é possível entender diversos pontos da navegação do usuário dentro do seu site e assim traçar possíveis melhorias a serem feitas para engajar o público ou fazer com que um percentual maior de usuários realize a ação desejada, como uma solicitação de orçamento/pedido de contato.




Um dos pontos cruciais para usar as UTMs sem que isso seja trabalhoso ou gere muita demanda para a sua equipe é deixá-lo organizado e fluído no dia a dia. Muitas pessoas optam por usar a ferramenta oficial do Google, porém ela não deixa histórico para conferência.


Para permanecer com um histórico de uso, montamos uma planilha gratuita que gera as UTMs e de quebra ainda armazena seu histórico para facilitar assim a leitura de possíveis relatórios e o mais importante, a padronização de cada campo.


Com a confirmação que o Google Analytics Universal vai parar de funcionar e todos precisam migrar para o GA4, recebemos também a notícia que vamos ter mais campos de UTMs para utilizar.


Na documentação do Google, já consta quais serão os três novos campos inclusos para análise. Eles são utm_source_platform, utm_creative_format e utm_marketing_tactic.


Sinceramente, campos como o “marketing_tatic” e o “creative_format” já estavam fazendo falta no dia a dia para algumas campanhas. Já quando falamos da diferença entre utm_source e utm_source_platform nem o próprio Google chegou em um acordo de qual é a indicação de uso de cada um deles, visto que ambos sinalizam a origem dos acessos.


Na mulheres de performance entendemos que o utm_source indicamos para destacar de qual ferramenta esse usuário está vindo, Facebook Ads, Google, ferramentas de email marketing, etc. Já o utm_source_platform use para identificar a plataforma onde é gerenciada a atividade de compra. Ex: Nomeado como ‘Shopping Free Listings’ quando o for Google Merchant Center, nomeado como ‘Google Ads’ quando for campanhas do Google ou ainda classificados como “Manual” quando a mídia for de fora do Google e parceiros.


Quer conferir mais detalhes sobre o uso das UTMs? Fizemos um evento ao vivo explicando alguns pontos importantes para uso no dia a dia:



Deixe nos comentários se você já usa as UTMs nas suas ações ou o que você achou dessa inclusão dos 3 novos campos.

47 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page