top of page

LGPD é para todas as empresas



A Lei geral de proteção de dados se trata da coleta, tratamento, armazenamento e compartilhamento de dados pessoais gerenciados pelas empresas ou setor público. A lei abrange informações do usuário online e offline. Quando preenchemos um cadastro em papel em uma clínica médica, por exemplo, caso essas informações sejam vazadas de alguma forma, a lei também será aplicada.


Como a coleta, tratamento, armazenamento e compartilhamento de dados pessoais estão cada vez mais presentes em nossa rotina, é importante que as empresas adotem boas práticas para garantir a segurança das informações de seus clientes e colaboradores.


Um dos primeiros passos para estar em conformidade com a LGPD é entender que a lei se aplica a todas as empresas, independentemente do tamanho ou segmento de atuação. Mesmo os MEIs (Microempreendedores Individuais) precisam se preocupar com a proteção de dados de seus clientes. A partir do momento em que uma empresa captura informações como nome e número de telefone do cliente, ela passa a ter responsabilidade e/ou corresponsabilidade para garantir a segurança desses dados.


Algumas áreas, como a saúde, o setor financeiro e os departamentos de marketing, acabam tendo acesso a informações mais sensíveis, delicadas ou muito íntimas. Por isso, devem redobrar a atenção quanto à segurança e adotar medidas adicionais para garantir a privacidade dos dados. Alguns cuidados para ter a partir de hoje:

  • O equipamento onde os dados são armazenados precisa ter um bom antivírus, vale também bloqueador de pop-ups.

  • Use ferramentas de ‘double check” nos seus acessos como as autenticações em dois fatores usando SMS ou notificações no celular.

  • Crie senhas seguras e individuais, uma senha para cada ferramenta. Ter uma senha padrão ou com representatividade é um dos piores erros que uma empresa pode cometer, ficando suscetível a hackers.

  • Os processos internos e de acesso aos dados devem ser limitados. Se sua equipe possui diversas funções, ajuste o acesso aos bancos de dados de acordo com cada processo.

  • Seu site obrigatoriamente deve ter uma política de privacidade transparente sobre a captação de dados e finalidade de uso, responsabilidade e normas usadas para a proteção dos dados pessoais.

  • Use apenas ferramentas confiáveis e que também tenham uma política de cyber segurança estabelecida.

  • Especifique quais são as formas de coleta de dados, quais dados serão coletados, a finalidade do uso deles e só solicite o que de fato for precisar usar, seja na sua comunicação direta para vendas ou institucional.

  • Sempre solicite o consentimento para a captação e uso dos dados.

  • Lembre-se, mesmo que sua empresa seja pequena e você apenas mantenha o cadastro básico dos seus clientes para contato, é preciso seguir as orientações para evitar a distribuição não autorizada destes dados.


Além das medidas mencionadas anteriormente, existem outras ações que as empresas podem adotar para garantir a segurança dos dados. Uma delas é investir em treinamento e conscientização da equipe, para que todos estejam cientes da importância da proteção de

dados e dos cuidados necessários para evitar vazamentos e incidentes de segurança.

Outra medida importante é a contratação de uma consultoria especializada em segurança da informação, que possa ajudar a empresa a identificar pontos de vulnerabilidade e implementar soluções para mitigar os riscos. Essa consultoria também pode auxiliar a empresa na elaboração de políticas de segurança e de privacidade, bem como na realização de auditorias internas para verificar o cumprimento das normas estabelecidas.


Por fim, é importante lembrar que a LGPD não é uma questão apenas de conformidade legal, mas também de confiança e reputação da empresa junto ao mercado e aos clientes. As empresas que adotam boas práticas de proteção de dados e garantem a privacidade das informações de seus clientes tendem a ser mais respeitadas e valorizadas pelo público, o que pode resultar em vantagem competitiva no longo prazo.


Em resumo, a LGPD é para todas as empresas, e a proteção de dados deve ser uma preocupação constante em nossa rotina empresarial. Adotar boas práticas de segurança da informação e investir na conscientização da equipe são medidas fundamentais para garantir a privacidade dos dados e a conformidade com a lei. Além disso, a contratação de uma consultoria especializada pode ser uma estratégia eficaz para identificar e mitigar os riscos de vazamentos e incidentes de segurança.

Mantenha o cuidado com as informações da sua empresa, logins de ferramentas e sempre solicite autorização antes de armazenar qualquer informações dos seus clientes ou pessoas em prospecção.

27 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page